Nanowrimo 2014: Dia 28 – A Tecnologia

Nesta sexta-feira, o meu querido “Canto do Rouxinol” cresceu mais 1959 palavras, chegando ao total de 47857. Estou a 2200 palavras e dois dias de terminar o Nanowrimo.
Ao contrário da maioria dos livros/filmes/bds de ficção científica, a tecnologia deste mundo aparenta ser menos desenvolvida que a que temos hoje em dia. Para começar, está muito menos disseminada, em que só uma pequena maioria tem acesso a aparelhos electrónicos. Todo o género de máquinas voadoras deixou de ser usado. A maioria das armas deixou também de existir, com excepção de bastões de choques eléctricos. Sabe-se que durante a revolução que mudou a sociedade, a maioria da tecnologia foi destruída e todos os que a defendiam foram mortos. Imaginem como seria a vida do dia-a-dia sem electricidade, telemóveis, computadores, carros, armas, aviões, barcos, comboios, televisões, rádios, etc…

Leia também

Deixar uma resposta