Chá de Domingo #71: Bloqueios de Escritor

Hoje vou deixar umas dicas de como enfrentar o Bloqueio de Escritor.

 

Não é a primeira vez que abordo o tema. Esse artigo está muito superficial e acaba por não apresentar soluções.
Mesmo quando temos tempo, uma história organizada e seguimos todas as boas práticas, há vezes em que simplesmente não conseguimos colocar uma palavra à frente da outra. Ficamos bloqueados e não conseguimos escrever nada. A isto chama-se bloqueio de escritor. Felizmente, existem algumas técnicas para lidar com isso:
  • Experimentar: tente escrever em locais diferentes, a horas diferentes e com materiais diferentes. Se escreve todas as manhãs antes do emprego, no escritório usando o computador, porque não tentar escrever ao fim do dia, num caderno, sentado na varanda?
  • Escrita Livre: seleccione uma frase do último parágrafo que escreveu e escreva um parágrafo sobre ela. Repita o processo algumas vezes (duas a quatro).
  • Formar Grupos: escolha palavras e ideias-chave. Escreva ideias e palavras associadas a estas de modo a formar um grupo. Está é uma boa maneira de formar novas ideias.
  • Seja Flexível: esteja disposto a deitar fora parte do que escreveu. Embora esta possa ser uma tarefa difícil para muitos escritores, por acharem que estiveram a desperdiçar tempo, acaba por lhes poupar tempo. E, além disso, não precisa de deitar fora, pode simplesmente guardar esse pedaço à parte e reutilizar mais tarde.
  • Siga uma Rotina: embora seja contraditório em relação ao primeiro conselho, para alguns escritores funciona muito bem ter um local e uma hora dedicados à escrita.
  • Movimento: dê uma volta à sala ou vá dar uma caminhada. Faça alongamentos. Movimento físico ajuda a aclarar as ideias e a explorar novos caminhos.
  • Faça uma Pausa: vá comer ou beber qualquer coisa. Falar com outra pessoa, sem ser relacionado com a escrita também pode ajudar. À falta disso, pare por cinco minutos e relaxe, vai ver que é mais fácil concentrar-se.
  • Concentrar-se: foque-se numa parte ou vertente diferente do que está a escrever. Isso ajuda a conseguir novas perspectivas sobre a história e continua a avançar no projecto.
  • Leia de Novo: imprima o rascunho e leia-o de novo. Aproveite a oportunidade para rabiscar ideias à margem.
  • Não se preocupe! Quando mais se preocupar, mas difícil é pensar com clareza.
Artigo adaptado a partir daqui.

Leia também

Deixar uma resposta