Nanowrimo 2014: Dia 1 – A origem da história

Hoje escrevi um número redondo de palavras: 2000! Foi um excelente começo do Nanowrimo! Este ano vou incluir mais informações no meu relatório diário porquê incluir só a informação estatística torna isto extremamente aborrecido.
Ao contrário de 2012, o dia não foi cansativo. Consegui bastante tempo para a minha vida pessoal sem prejudicar a escrita. Decidi parar nas 2000 para não me desgastar, como eu muito bem disse em 2012: isto não é uma corrida de velocidade, é uma corrida de resistência.
Hoje vou mostrar-vos um bocadinho da origem deste livro. História normal: estava em pânico e a menos de uma semana do Nanowrimo percebi que a história que planeava escrever não tinha potência. O que é que eu faço? Bem, pego num conto que tinha escrito um ano antes para o Fantasy & Co e decido construir toda a história à volta dele. Aproveitar esta ideia é algo que já me tinha ocorrido antes.

Leia também

Deixar uma resposta