Livros: Na Berma de Nenhuma Estrada

É um dos meus escritores de língua portuguesa favoritos.

Autor: Mia Couto

Sinopse: Mia Couto é sem sombra de dúvidas o escritor africano de língua portuguesa mais conhecido e a sua obra, várias vezes premiada, está traduzida em diversas línguas.
Surge agora Na Berma de Nenhuma Estrada e Outros Contos, um conjunto de 38 histórias, escolhidas pelo autor dos seus relatos curtos publicados na imprensa portuguesa e moçambicana.
São histórias de um universo mágico, onde o fantástico e o sobrenatural coexistem com o quotidiano, com personagens intensas e uma capacidade de efabulação extraordinária, que nos prendem e nos encantam.
E donde emanam estas histórias? “Vêm da berma de nenhuma estrada. Quero inventar um sítio onde me invente a mim, um sítio onde tudo seja possível outra vez, onde a palavra possa ter essa dimensão mágica. É desse não lugar que surge a escrita, mas ele pertence a um lugar meu, que é Moçambique, a minha infância.” (o escritor em entrevista ao portal ajanela.com)

Em cada conto o autor consegue conquistar-nos. As personagens bebem de uma matriz humana extremamente realista, que acabam por ecoar em nós mesmos. Cada história evoca uma vertente de África e cenários que nos apaixonam. A mistura entre a realidade e o fantástico ajuda a passar mensagens que são relevantes para os dias de hoje, mesmo na nossa Europa. Por estar dividido em contos ajuda à reflexão, porque nos obriga a parar no fim de cada um.
Recomendo a quem não conheça Mia Couto ou a quem goste de pensar sobre a sociedade.

Classificação: 5 estrelas

Leia também

1 comentário

Deixar uma resposta