Semana Especial Guerra dos Tronos: Primeira Temporada

Atenção: Esta postagem contém revelações do enredo!

Opinião:

Confesso que sou bastante céptico quanto às adaptações para série ou cinema de livros que já li. Este foi um dos casos em que não vi a série de propósito para poder ler os livros primeiro, já que me tinham avisado (apesar de eu não ter acreditado) que estávamos perante muito bons livros.
Considero que a série foi bem adaptada. Os realizadores tiveram o cuidado de não deixar nenhuma das cenas chave de fora nem se meterem a encher chouriços com coisas que não interessam. Claro que deixaram alguns deltalhes de fora. Para além disso, não seguem exactamente a cronologia do livro, o que pode provocar ligeiras confusões a quem já leu.
O elenco é muito bom e encarna com fidelidade as personagens imaginadas por George RR Martin. A banda sonora é excelente e o cenários foram muito bem escolhidos e caracterizados. A série é um tanto gráfica, tal como os livros o são, de modo que não é aconselhável a todas as idades. Em resumo, a série foi muito bem conseguida e faz toda a justiça ao livro.

Classificação: 5 estrelas

Pontos Altos da Primeira Temporada:

7 – Quando o Jamie Lannister empurra o Bran da janela. O facto de acontecer no primeiro episódio dá-nos logo a entender como será a restante série: imprevisível!
6 – Quando Robb Stark é aclamado Rei do Norte. Eu sei que é um momento um pouco clichê, mas considero que foi um dos pontos em que os telespectadores mais vibraram.
5 – Quando o Jamie Lannister ataca Ned Stark em plena luz do dia em King’s Landing. Isto era algo que eu não esperava, já que nunca pensei que o Jamie cometesse um erro destes.
4 – Quando Littlefinger trai o Ned Stark. Apesar de todos os contornos dessa traição se estarem a desenhar, não deixa de ser uma reviravolta interessante.
3 – A cena em que o Khal Drogo despeja ouro derretido na cabeça do Viserys. Apesar de não ser algo totalmente inesperado, foi uma cena muito bem conseguida na série.
2 – Quando a Daenerys entra nas chamas da pira funerária do Khal Drogo. Neste momento ainda não sabemos se ela sabe o que está a fazer ou se se vai suicidar. O momento fica ainda mais épico durante a cena final, quando ela se levanta e tem os dragões à sua volta.
1 – Quando a Cercei Lannister diz ao Ned Stark, após este ter descoberto a relação incestuosa dela com o Jamie Lannister e que os filhos não são do Rei Robert Baratheon, “No jogo dos tronos, ou tu ganhas, ou tu morres!”. Considero que esta é a melhor cena de toda a temporada, já que mostra o ponto alto do conflito.

Podem ler a opinião sobre o primeiro livro da saga Guerra dos Tronos aqui. Amanhã não percam a crítica ao segundo livro!

Leia também

Deixar uma resposta