Procuram-se leitores beta: Caderno Vermelho

Este livro esteve na gaveta quase dois anos e decidi procurar leitores beta para saber o que fazer com ele.

Leitor Beta é aquele que tem por hábito ler, pelo menos, 1 a 2 livros por mês. Espera-se que tenha uma língua afiada para a crítica, ajudando assim o autor a melhorar a sua obra.
Quem procuro?
Leitores (m/f) que apreciem poesia.
– Idade mínima 14 anos.
– Leitores que assumam o compromisso de ler a obra na íntegra e sobre ela emitir uma crítica/sugestões (construtiva (s) de preferência) no seu todo.
– Pretendo no mínimo 5 leitores Beta.
O que procuro?
Opiniões sinceras e honestas! Nada de leitores passivos que apenas absorvem o que gostaram. Preciso de gente com fibra que opine genuinamente sobre o que leu, que saiba fundamentar a crítica, no sentido da qualidade da obra. O que está bem, está e o que está mal, tem que se mudar – importante frisar isto!

Cada um dos leitores beta irá receber uma cópia digital do livro em pdf, mobi ou epub (outros formatos poderão estar disponíveis).

Todas as gralhas, erros frásicos e de métrica podem também ser apontados, embora esse não seja o objectivo desta leitura.
Se achas estar preparado para ler e opinar, manda-me um email para pedromrcipriano@gmail.com e fala-me um pouco de ti. Conto contigo!

Caderno Vermelho

Ao iniciar a viagem, o neófito nada entende, pois não consegue ver. Está cego e não o sabe. Os símbolos em que está imerso são como um livro, só o pode ler quem o souber decifrar. O conteúdo só está acessível a quem tem vontade e uma mente aberta.
A abertura de horizontes não é um processo reversível. Não é possível voltar a dormir depois de se ter acordado completamente, assim como não é possível voltar ao ventre materno depois de nascer.
Esta não é uma iniciação a uma ordem secreta, nem a nenhum clube de eleitos. É uma iniciação ao mundo real.

Leia também

Deixar uma resposta