Semana Especial Guerra dos Tronos: Quarta Temporada

Atenção: Esta postagem tem revelações de enredo!

Opinião: Esta série sofreu uma melhoria significativa em relação à anterior, voltando ao patamar que se esperava dela. Os actores interpretaram as personagens criadas por George RR Martin a um excelente nível. Os efeitos especiais foram usados quanto baste, em especial nos lobos e nos dragões, e empregues de um modo subtil de modo a não se tornarem demasiado evidentes. Acho que nunca referi o quanto gosto da sequência de entrada e da música de Ramin Djawadi, duas vertentes da série que apesar de serem importantíssimas, passam muitas vezes despercebidas.
As diferenças entre os livros e a série multiplicam-se, ficando algumas coisas de fora e incluindo outros elementos ainda não referidos até ao fim do terceiro volume. Apesar dessas alterações, o cerne da história mantém-se inalterado. Creio que os realizadores, que se mantêm em contacto com o autor, sabem o que estão a fazer.
Uma série que recomendo vivamente!

Classificação: 5 estrelas

Pontos Altos da Quarta Temporada

9 – Arya Stark mata Polliver. Já há muito que esperávamos que Arya começasse a eliminar ela mesma os nomes da sua lista!
8 – A Morte de Lisa Arryn. Quando parecia que a Lisa iria matar Sansa Stark, o contrário acontece quando Petyr Baelish intrevem e empurra Lisa pela porta da lua.
7 – A morte de Tywin Lannister. Finalmente Tyrion arranja coragem e oportunidade para se vingar do pai. As circunstâncias da patricídio são especialmente irónicas.
6 – A morte de Ygritte nos braços de John Snow. Todos os que seguem a série já se habituaram de que não há finais felizes em George Martin, nem mesmo naqueles romances que prometiam bastante.
5 – A expulsão de Jorah. Apesar de ser esperado que isto pudesse vir a acontecer, não deixa de ser uma grande reviravolta depois de tudo o que aconteceu entre ele e a Daenerys.
4 – Tyrion mata Shae. Outro casal que não vai ser feliz! É uma cena forte, já que Tyrion a mata com as suas próprias mãos.
3 – A Morte de Jojen. Para quem leu só até ao fim do terceiro volume, esta cena é uma completa surpresa. E de repente, todas as lendas são verdade e a magia é usada a torto e a direito!
2 – Casamento do Joffrey Baratheon. As coisas estavam a correr mal para o Tyrion, mas nada fazia antever estar reviravolta e consequente morte do Joffrey. Um episódio que mexeu muito com as emoções de todos os telespectadores.
1 – A Morte do Oberyn Martel. Esta foi uma daquelas reviravoltas de que ninguém estava à espera, para além de que a maneira brutal como aconteceu contribuiu muito bem para o choque.

Leia também

Deixar uma resposta