Chá de Domingo #29: Organização de Estantes

Haverá ciência na organização das estantes?

Tudo começou com este artigo. A maneira como organizamos as estantes é algo muito pessoal. Cada pessoa têm o seu paradigma.

Eu tenho na sala os livros já lidos, organizados por temas e por colecções. No escritório tenho os livros juvenis e os que ainda não li. Só os que já li é que estão organizados, estando os ainda não lidos um bocado ao calhas, sendo a única excepção os de ficção cientifica e histórica. Já tive falta de espaço, que acabei por compensar com a compra de mais estantes, agora até tenho duas prateleiras livres e prontas a receber as minhas próximas aquisições. Antes de ter essas estantes extra, tive livros em caixas e em armários, uma situação que espero não voltar a repetir tão cedo.

Decidi também saber como fazem os outros bloguers.
Pergunta: Como organizas os livros nas estantes? Tens falta de espaço? Colocas livros noutros sítios sem serem estantes?

Organizo por colecção e tamanho, até podes ver isso no meu YouTube. Tenho pouquíssimo espaço porque só posso ter livros no meu quarto e vou arrumando onde encontro um bocado livre.

– Alexandra Rolo, Folha em Branco

Por temas em primeiro lugar, depois por colecções/autores. neste momento, como estão organizados não, não tenho falta de espaço. Sim claro, na estantes só estão os que já foram lidos.

– Vítor Frazão, Crónicas Obscuras
“A estante portuguesa está organizada por cores/editora/série. por exemplo os da Presença começa pelos dois da Florbela Espanca que sao brancos depois os da Ruth Cardello que são beje e vão por aí adiante. Os ingleses estão por colecção (classics penguin) e por autor/série (Os do Fitzgeral só compro da mesma colecção e estão todos uns ao lados dos outros). Nunca tenho falta de espaço porque uso duplas filas e os ingleses alguns de bolso coloco uns em cima dos outros Dá para poupar imenso espaço dentro da mesma estante. O único sitio onde coloco livros sem ser na estante é a mesinha de cabeceira (tenho uns 6 neste momento). Mas depois guardo-os A maioria também estão no Kobo. Muitas das edições que estou a comprar em inglês já os li Só estou a comprar em papel para ter na estante.”
– Ana Filipa Dias, Ilusionary Pleasure

“Eu tenho formação em biblioteconomia. Já trabalhei em bibliotecas, sei catalogar segundo a CDU (Classificação Decimal Universal) e durante algum tempo aventurei-me a classificar, a catalogar e a etiquetar os meus livros. Entretanto, os livros continuavam a aumentar e o tempo a escassear. Ah, e mudei de casa. Houve (e está a haver ainda) um processo de triagem sobre o que fica e o que vai. O meu problema nunca foi a falta de espaço, foi mais o comprar a eito. Entrava numa livraria ou num alfarrabista, olhava para a capa, para o resumo, via o preço e era uma desgraça. Uma vez cheguei a sair de uma loja de livros usados com uns vinte, trinta livros. E depois ler isso tudo? É o lês.”

Leia também

Deixar uma resposta