Divulgação: Comandante Serralves

Em breve:
No mercado negro de Vénus, nas cidades da Terra, nas minas de Marte, no vazio do espaço, nas celas da Aliança Humana há um nome que se ergue como um clamor de justiça e liberdade.
Comandante Serralves
Já muitos afirmaram tê-lo visto, mas poucos o conhecem realmente. Quanta lenda haverá em cada uma destas histórias? 
Por vezes herói, outras vilão.
Atreve-te a descobri-lo.
Sinopse: Esta é a Era da Aliança Humana. Uma nova ordem Mundial forjada a sangue e fogo pela necessidade de unir os povos da Terra para derrotar uma invasão alienígena.
Não, esta não é a estória dessa guerra. Essa já nos foi contada e recontada pela FC desde os seus primórdios. Esta é a estória do que veio depois.
São tempos de paz, união, desenvolvimento, abundância e colonização do sistema solar. No entanto, tudo tem um preço e nem todos estão dispostos a aceitar o sacrifício da liberdade e da cultura de cada povo em troco deste futuro unido sobre uma única égide. E ninguém se rebela mais que o vulpino, grandíloquo e questionável Comandante Serralves. Armado com umas quantas “prendas” deixadas pelos derrotados invasores e na companhia de um caótico imbróglio de aliados, o perigoso rebelde garantirá que o poder estabelecido nunca tenha uma noite de sono descansada.
Na tradição das clássicas space operas, “Comandante Serralves – Despojos de Guerra” é um universo aberto escrito a seis mãos. O que começou como um modesto conto e um protagonista-conceito simples, floresceu em complexidade e novas perspectivas ao ser expostos aos talentos (e consideráveis neuroses) de um grupo de jovens escritores.
Uma aventura espacial excitante e intrigante que promete apelar a todos os leitores.

Leia também

Deixar uma resposta