Ebooks: Sortilégio, Feitiço e Magia

Não é normal um conto de fantasia é escrito desta maneira nos dias de hoje…

Autora: Carina Portugal
Sinopse: Verso a verso, ele busca
Por sua amada do coração:
Donzela levada por uma besta
E tomada por uma ilusão.

O que salta mais à vista é o facto de ser escrito em forma de poesia. Confesso que, ao início, pensei que fosse apenas um poema a servir de introdução ao conto, como por vezes a autora faz. Para além da inusualidade do verso na fantasia actual, de certo modo aproxima o conto da tradição oral, que propagou a maioria das histórias fantásticas que conhecemos. A rima não afectou a narrativa, havendo personagens bem definidas e com a profundidade que a forma escolhida permite. A trama avança e as descrições envolvem-nos de uma maneira um pouco diferente do que estamos habituados. Em resumo, a autora tentou fazer algo fora do comum e foi muito bem-sucedida.
Recomendo a todos os que gostarem de poesia e/ou de fantasia.

Classificação: 4 estrelas

Leia também

Deixar uma resposta